De Eva a Jezabel

Lembro-me de ontem ter ido à Igreja. Não vejo isso como algo que me torne moralmente superior, mas lá estava eu. Uma eucaristia é uma cerimónia como tantas outras, logo não se dispensa a sucessão tipificada de rituais. Eis que chega a leitura da homilia e o episódio bíblico escolhido é o da “mulher adúltera”.Continue a ler “De Eva a Jezabel”

O resto é paisagem?

Ontem dei por mim a revisitar uma entrevista de António José Teixeira a António Barreto. O mesmo homem que hoje afirma “devermos tanto a liberdade ao 25 de abril como ao 25 de novembro” defendia, em 2011, a revisão da Constituição de 75, porque a considerava “feita com medo: medo dos militares, dos comunistas, dosContinue a ler “O resto é paisagem?”